segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A insustentável leveza do ser

       O Diário Popular, na edição de fim-de-ano, brindou-nos com importante noticiário a respeito de como a nobreza local passou o reveillon.
     Sob o título "Gente chic e empreendedora em festa", a colunista revelou que "A elegante e carismática Maria Rita Sampaio reuniu, para o almoço, a família e os amigos íntimos, na sua Estância São José. Solon Silva fez um pequeno show que caiu no agrado de todos, principalmente do filho da anfitriã, Felipe Nabuco, que veio de São Paulo abraçá-la."
        Já o Bipolar Flexível, cônscio de seu dever de informar, traz em primeira mão detalhe do petit comité que não constou da nota publicada no centenário tabloide da Rua XV.
       Segundo se soube por fonte fidedigna, Solon Silva Show acabou sendo acompanhado pelas vozes dos presentes quando entoou tradicional canção cujos versos - repetidos à exaustão - homenagearam tanto o neto paulistano como a velha perereca de guerra de sua avó,  a estancieira-mor:

"Nabuco foi à fonte
caçar borboletas
encontrou Dona Antoninha
com a mão...
Nabuuuco foi à fonte
caçar borboletas"

       Foi um must! Sorry, periferia!

2 comentários:

  1. Tu não tá nem p/ o pastel... picou na tua frente tu mete um bico na gorduchinha... eh eh eh

    ResponderExcluir