quarta-feira, 11 de junho de 2014

Tigre

Na noite de ontem sonhei com um tigre. Um tigre solto e furioso, que perseguia um monte de gente na rua (incrivelmente ali na Barroso, perto da esquina com a Butuí!). E eu tratava de me escapar do bichão. Acordei suado, mas aliviado por não ter sido engolido por aquele Shere Kahn do subconsciente.
 
No dia seguinte fui-me para o Google (que se presta para esse tipo de coisa) "pesquisar" a respeito dos significados do "sonhar com tigre".
 
Descobri muitas interpretações, umas indicando que sonhar com o grande felino é bom; outras, que é ruim.
 
As primeiras se baseiam no fato de que a imponente figura do tigre representa uma grande força, poder e beleza, conduzindo a uma perspectiva de superação de todos os obstáculos que se interpuserem pelo caminho da gente. Então, é sorte no amor e no jogo (chegando a  sugerirem números para se apostar no "bicho" e nas mais diversas loterias), ou que um grande ideal, cedo ou tarde, será alcançado.
 
Segundo as outras, ao contrário, sonhar com tigre revela um perigo iminente, uma traição impensável (no ambiente de trabalho ou no relacionamento amoroso), causado por uma "pessoa invejosa".
Chora, Kim Jong-un !
Eu, que não acredito nessas coisas e estou mergulhado de cabeça neste período pré-Copa, recebo o tal sonho como um aviso inconteste: a Coréia do Sul será campeã do mundo de futebol! Afinal, o tigre é o símbolo da Coréia, está lá (ou, mais precisamente, aí ao lado) estampado no escudo da federação deles.
 
Já revisei meus palpites nos mais diversos "bolões" que participarei, cravando vitória dos asiáticos até a final, dia 13 de julho, no Maracanã. Ninguém me segura (nem aos tigres asiáticos).
 
 

2 comentários:

  1. Os tigres não comem trigo, para que dar trigo aos tigres.

    ResponderExcluir
  2. Quer dizer que és Criciuma desde criancinha.

    ResponderExcluir